[Resenha] Depois da Escuridão, Sidney Sheldon & Tilly Bagshawe




Título: Depois da Escuridão
Autor: Sidney Sheldon & Tilly Bagshawe
Editora: Record
Páginas: 464

 A doce e angelical Grace Brookstein é a socialite mais querida dos Estados Unidos e leva uma vida de princesa. Até o dia em que seu marido, o bilionário Lenny Brookstein, dono do fundo de hedge Quorum, sai para velejar e nunca mais retorna. Enquanto lida com a trágica morte do marido, um novo escândalo abala a vida de Grace: bilhões de dólares desaparecem do fundo Quorum, provocando a falência de milhares de famílias. Grace torna-se a principal suspeita e da noite para o dia sua vida se transforma. Determinada a provar sua inocência, Grace embarca numa jornada que revelará que ninguém a sua volta é digno de confiança.

 Eu li esse livro faz um bom tempo, só que como ele sinceramente e um dos meus favoritos, então resolvi fazer uma resenha. O livro e narrado em terceira pessoa, já no prólogo o livro começa com o julgamento de Grace nossa personagem principal, você já começa meio “o que esta acontecendo aqui?” você fica sem rumo e fica com vontade de ler mais e mais para saber o porquê dos pequenos fatos no prólogo. O livro e dividido em três “livros”, o primeiro conta a história desde o único do primeiro encontro entre Grace e Lenny seu marido até quando ela começa a sofrer com as acusações sobre o roubo dos bilhões de dólares, nesse livro já conta quando ela recebe a carta de CULPADA, sim CULPADA, isso me deixou transtornada de tanta raiva, acho que só quem leu sentiu essa “raiva”, ela e mandada para uma prisão feminina onde passa por poucas e boas e péssimas, a partir daí ela começa a “amadurecer” um pouco. No segundo livro começa a contar sobre o começo da fuga dela para provar a sua inocência, a partir daí que ela começa a ver a quem ela deve confiar ou não, familiares e até amigos que se esquecerá dela depois de simplesmente ‘perder o seu reinado no ouro’ a partir daí ela amadure por completo, aquela moça ingênua que via a beleza em todos cresceu, agora ela tinha que pensar e fazer tudo para sobreviver na sua implacável fuga para prova de uma vez que ela não era culpada. O terceiro ainda continua um pouco com a sua fuga e mostra detalhes surpreendentes e parti daí ela começa a encaixar as peças do jogo, a entender o objetivo e chegar próxima a grande verdade que eu nunca imaginei que fosse NÃO AQUILO. O final e simplesmente único e típico do estilo do grande Sheldon, a cada "livro", página e palavra que você lê você desconfia de uma pessoa de um casal ou simplesmente de uma pessoa que passou ao lado dela na rua e que nunca foi citado o nome no livro, mexe com o seu psicológico com o seu raciocínio e um livro fascinante cada detalhe único e bem explicado. Essa eu confesso que não foi bem uma resenha completa e formidável, porque eu me lembro pouco desse livro e são muitos personagens muitos detalhes. Um grande detalhe e que o livro se vocês perceberam tem o nome do Sidney Sheldon e de uma pessoa diferente Tilly Bagshwe, uma coisa eu sei que ela foi falar com os familiares e pediu a permissão deles para ela pegar esse livro e fazer algo sobre ele, só que algumas fortes dizem que o livro ficou pronto até a metade por fato de ele ter morrido em 2007 e outras fontes dizem que era apenas um “rascunho” que ela pegou e fez o livro completo no estilo dele, mas sendo um ou outro o livro e simplesmente fantástico e minha nota e dez em todos os aspectos. O tal "livro" que comento na resenha toda são como se fossem partes que o livro e divido, só que no livro em si esta escrita "livro um, dois e três".

8 Comentários :

  1. Parece ser um excelente livro, cheio de impasses e conflitos.
    Livros assim nos fazem ficar estacionados na cama querendo chegar ao final de qualquer maneira. E é importante lermos livros do gênero para aguçarmos todos os nossos sentimentos críticos.
    Belo post!
    Grande abraço
    http://reinaldodeltrejo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E um ótimo livro, eu li o mesmo em uma semana se não me engano de tanta curiosidade que fiquei para saber o final e me surpreendi completamente. Concordo com você e agradeço seu comentário.

      Excluir
  2. Ainda não li este livro, mas só de ler a sinopse já me interessei. Sidney Sheldon é um escritor magnífico e tem mesmo este dom de nos impedir de largar seus livros, tão boas que são as histórias. Ainda pretendo fazer uma coleção com tudo o que ele já escreveu rs'
    Só uma coisa, você escreveu "cupada", mas o certo é "culpada". Se quer uma dica, sempre utilize algum corretor ortográfico, assim ele corrige esses pequenos deslizes...
    Enfim, ótimo blog, já estou seguindo.
    Deixo aqui o link de meu blog caso queira retribuir a visita e me seguir também
    Abraço, sucesso
    http://daquioitentaanos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu só li alguns dele até hoje, estou para comprar mais que estão nas Lojas Americanas, incrível como tem simplesmente três prateleiras disponíveis apenas com livros dele rs pelo menos a loja daqui, a obrigada por falar, acabou passando sem eu ver, digito um pouco rápido e mesmo lendo o texto milhões de vezes depois, acabo não percebendo alguns erros, obrigada por seguir e também vou seguir seu blog.

      Excluir
  3. Acho que vale a pena!
    vou presentear!


    http://www.ziqzira.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vale a pena sim, e um ótimo livro para quem claro gosta de suspense e romance policial e coisas afins.

      Excluir
  4. Ainda não li nenhum livro do Sidney Sheldon. Essa parece ser uma ba opção.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Para você que nunca leu um livro dele eu recomendo porque e um dos últimos dele e digamos que junta todas as expectativas deles em um livro só com um toque da Tilly

      Excluir

O Comentário é seu cartão de visita.
Comentários ofensivos e agressivos não serão publicados!
Comentários com propagandas ou coisas afins serão deletados.
Caso queira parceria comunique aqui ou se não no nosso Formulário de Contato

 
Layout feito por Adália Sá | Não retire os créditos